O que a Skynet tem a ver com o Facebook?

O que um filme de sucesso tem a ver com a maior rede social ativa?

0
195

Você deve estar pensando o que a Skynet e o Facebook têm em comum, não? Bom, a resposta para esta questão envolve um fato inusitado que aconteceu ontem.

Na noite de ontem, um grupo de cientistas do Facebook desativou uma inteligência artificial diante de um fato inusitado. Acontece que a IA desenvolveu sua própria linguagem, deixando de falar inglês, para o qual tinha sido programada.

Ela foi criada pela empresa Fair (Facebook AI Research) para simular situações de negociação. Para isso, ela tinha dois agentes, Bob e Alice. Eles deveriam conversar para estabelecer uma troca.

A solução deveria ser um consenso que beneficiasse aos dois. Eles recebiam pontos por negociação bem-sucedida, e nenhum por falta de acordo entre as partes.

Um problema ocorreu quando se percebeu, (ou melhor, Bob e Alice perceberam) que não tinham nenhum incentivo para seguir as normas-padrão da língua na qual foram programados. Foi aí que eles perceberam que conseguiam melhores resultados de negociação utilizando uma linguagem própria, que para nós, de fora, não faz o menor sentido.

Skynet, Mr. Robot e Facebook: linguagem de Bob e Alice
Linguagem desenvolvida pelos agentes do Facebook

Vemos que quando Bob dizia algo como “Eu posso posso eu eu todo o resto”, Alice respondia: “Bolas têm zero para mim para mim para mim para mim para mim para mim para mim para mim para”.

Embora possa não fazer sentido, um dos cientistas – Dhruv Batra – disse que isso era um código criado pelos agentes. Uma sequência como “the” cinco vezes pode querer dizer que eu quero aquele item cinco vezes. De fato, algo parecido como uma criança negociando algo com outra. Ou como comunidades criam gírias entre si.

A notícia acabou causando certo furor nas redes sociais por que, como sabemos, Hollywood tem uma tradição de gerar plots mágicos de futuros distópicos, um dos quais mais conhecidos de todos nós é a…

SKYNET

Skynet e Facebook: logo da Skynet
Skynet realmente existe na vida real

A evolução do sistema Cyberdyne, Skynet, desenvolveu sua própria linguagem para burlar os olhares humanos enquanto desenvolve seus planos de ataque e destruição em massa.

Skynet se torna autoconsciente às 2h14min da manhã e inicia um ataque nuclear contra a Rússia, que contra-ataca. É o Dia do Juízo Final.”

Curioso é saber que realmente existe um programa do governo norte-americano chamado Skynet. Ele patrulha os céus e desenvolve estratégias de ataques aéreos. Soa familiar?

Será que um sistema autoconsciente está adquirindo autonomia? Os cientistas dizem ser pouco provável. Até porque o Facebook desativou os agentes Bob e Alice assim que desenvolveram a nova linguagem. Eles já não eram úteis ao propósito do programa. De todo modo, sistemas adquirindo linguagens próprias não são novidade. A própria Google já passou por algo parecido.

O que fica é que de fato IA’s têm um poder para desenvolver autonomia, caso não haja incentivos (como as leis da robótica) para direcionar tal autonomia. Por enquanto, somente Hollywood e os fãs agradecem.

 

Deixe uma resposta