Sexta edição de Conversor traz crossover bombástico!

Clássico e Moderno juntos numa HQ surpreendente!

2
302

Acaba de ser lançada na plataforma Issuu a sexta edição da revista do Conversor pelo selo Saniverso. E dessa vez, temos o primeiro encontro do personagem com outros heróis brazucas. Sandro Marcelo, o autor, escolheu para este primeiro encontro ninguém menos que três personagens clássicos dos quadrinhos brasileiros de super-heróis: Raio Negro, Hydroman e Homem-Lua!

Capa da sexta edição de Conversor com o encontro de gerações de super heróis brazucas.
Capa da sexta edição de Conversor com o encontro de gerações de super heróis brazucas.

Criados pelo saudoso Gedeone Malagola, estes heróis moram no coração dos fãs de super heróis nacionais e chegam nessa edição com muita moral, decididos a resolver de vez os problemas gerados pelo Projeto Metagenoma. E como todo bom encontro entre heróis, sempre rola um combate para movimentar a trama e rolarem as apostas sobre quem vencerá!

O clássico combate entre super-heróis também acontece aqui!
O clássico combate entre super-heróis também acontece aqui!

Além do clássico combate e do encontro entre estes heróis, a edição esclarece ainda mais as atividades escusas do Projeto Metagenoma e mostra a trilha de sangue e mistério que o Projeto espalhou pelo país. Outros personagens clássicos são lembrados na história que, de quebra, ainda faz mais um link com um personagem do passado do Saniverso, que apareceu na primeira edição da Diamante (leia aqui)!

 

Conversor capturado pelos heróis clássicos. Você está curioso pelo desfecho?
Conversor capturado pelos heróis clássicos. Você está curioso pelo desfecho?

Outro adendo é que esta edição tem 24 páginas, o dobro do regular até aqui. A razão disso é que as edições 6 e 7 foram unificadas em uma única revista. A arte e o roteiro são de Sandro Marcelo e a capa leva as cores de Adriano Sapão. O que está esperando então? Clique no painel aí embaixo (ou aqui) e leia mais um capítulo da saga desse herói sensacional. Lembrando que, a partir da edição 7, a arte começa a ficar mais atual e interessante! Vamos lá: leia, curta e compartilhe!

2 COMENTÁRIOS

  1. Li as primeiras duas edições no issuu e gostei muito, agora quero ter as revistas na mão. Pelo jeito, o Sandro vai ter que providenciar um sistema de assinatura.

Deixe uma resposta